Mulher se recusa a perder conhaque para entrar em voo e ingere garrafa toda

Chinesa acabou impedida de embarcar da mesma forma, pois ficou bêbada e foi encontrada no chão de aeroporto

Por O Dia

China - Após ser impedida de embarcar em um voo por carregar uma garrafa de conhaque luxuoso, uma mulher resolveu ingerir a bebida toda de uma vez para passar pela segurança do aeroporto de Pequim, na China, segundo o jornal "Beijing Times", nesta terça-feira. O que a mulher, identificada apenas pelo sobrenome, Zhao, não contava era que fosse acabar impedida de embarcar da mesma forma, dessa vez por estar bêbada.

Zhao, de cerca de 40 anos, não quis perder o conhaque francês Rémy Martin de US$ 200 (cerca de R$ 706) que estava em sua bagagem de mão e não viu outra saída a não ser beber tudo de uma vez ao chegar ao controle de segurança do aeroporto, na última sexta-feira.

Caso inusitado de mulher que bebeu garrafa inteira de conhaque antes de voo ocorreu em Beijing%2C na ChinaReuters

Como na maioria dos aeroportos em todo o mundo, a mulher foi informada que não poderia passar para a zona de embarque portando uma garrafa de bebida e que ela deveria deixar o conhaque ali.

Minutos depois de ter ingerido todo o conteúdo da garrafa, funcionários do aeroporto encontraram a mulher deitada no chão, chorando e gritando. "Estava tão bêbada que não podia ficar de pé, portanto a levamos em uma cadeira de rodas para um quarto para que descansasse", contou um dos policiais que atendeu a mulher.

Ao saber disso, o comandante do voo no qual Zhao devia viajar, que cobria a rota entre Pequim e a cidade de Wenzhou, se recusou a fazer o percurso com ela na aeronave por medo de que pudesse afetar a segurança dos demais passageiros. Após algumas horas, a mulher acordou da bebedeira e agradeceu aos policiais que lhe serviram de "babás". Ela foi para casa com a ajuda de familiares.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência