Norte-americano é acusado de apoiar Estado Islâmico

Ahmed Mohammed el Gammal foi detido no Arizona

Por O Dia

Estados Unidos - Um homem do estado do Arizona foi acusado nesta quinta-feira em Nova York de fornecer material de apoio à organização extremista Estado Islâmico e ajudar um jovem a receber treinamento militar do grupo, conforme informaram fontes judiciais.

A procuradoria federal do distrito de Manhattan afirmou que Ahmed Mohammed el Gammal, de 42 anos, foi detido na segunda-feira passada no Arizona, onde reside, mas o caso foi encaminhado a um juiz federal de Nova York. El Gammal, que segundo a acusação manifestava apoio ao Estado Islâmico (EI) e a suas atividades terroristas pela internet, também foi acusado de conspirar para fornecer material de apoio.

De acordo com a acusação, em agosto de 2014, El Gammal viajou do Arizona a Nova York para encontrar um estudante com quem se comunicava há vários meses sobre o EI. O jovem, não identificado pelas autoridades, apagou muitas das trocas de informações do computador pessoal.

O acusado também entrou em contato com um segundo conspirador deste caso, que estava na Turquia, com quem falou sobre os planos do jovem de viajar ao Oriente Médio, segundo o comunicado da procuradoria federal. As investigações indicam que El Gammal proporcionou ao estudante a forma de se comunicar com seu contato na Turquia.

Em janeiro, o estudante viajou à Turquia e se comunicou com El Gammal, que o orientou a viajar à Síria e a se reunir com seu contato. Uma vez na Síria, o jovem recebeu treinamento militar do EI entre fevereiro e maio. "No dia 7 de maio, o jovem informou a El Gammal que tudo resultou de acordo com o plano", relata o comunicado.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência