Sete refugiados morrem em naufrágio na costa da Líbia

Ao menos 2.500 pessoas foram mortas dese janeiro, a maioria afogadas no Mediterrâneo

Por O Dia

Líbia - Sete pessoas morreram quando um barco que transportava imigrantes naufragou na costa da Líbia, neste domingo, no segundo acidente fatal no mar. As mortes ocorreram em um momento em que líderes europeus enfrentam problemas para definir uma política sobre a crise de refugiados. m

A guarda costeira italiana disse que cerca de 1.600 refugiados foram resgatados do Mar Mediterrâneo e transportados à Itália neste fim de semana, mostrando que o fluxo de pessoas, em sua maioria da África e Oriente Médio, segue intenso.

Ao menos 2.500 pessoas foram mortas dese janeiro, a maioria afogadas no Mediterrâneo.

"Tivemos relatos esta manhã de que sete corpos de imigrantes ilegais afundaram em Khoms (leste de Trípoli)", disse Mohamad al-Misrati, porta voz da Rede Crescente em Trípoli.

A medida que as vítimas aumentam, aumentam também as críticas sobre as diferentes leis europeias e as estratégias para enfrentar a chegada dos imigarantes. Alguns governos europeus tem se recusado a aceitar os refugiados e resistido à proposta da União Europeia de acertar um plano comum para combater a crise.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência