Por gabriela.mattos

Vaticano - Prestes a iniciar uma aguardada viagem a Cuba e Estados Unidos, o papa Francisco passou boa parte do verão europeu aperfeiçoando seu inglês para poder se expressar fluentemente na língua materna dos norte-americanos.

Seu professor foi o monsenhor Mark Miles, que trabalha na seção inglesa da Secretaria de Estado do Vaticano. Segundo pessoas próximas ao religioso, ele está "muito satisfeito" com os progressos do Pontífice.

"Posso dizer que ele passou o verão se preparando para essa viagem. Eu vi os discursos um por um. Até nas lições de inglês ele foi constante e escrupuloso", declarou o monsenhor Angelo Becciu, também funcionário da Secretaria de Estado.

No entanto, ele ressaltou que nem todos os pronunciamentos do Papa nos EUA serão em inglês, mas sem especificar quais. Nos últimos dias, fontes da Santa Sé já haviam divulgado que, ao menos nas Nações Unidas (ONU), Francisco falará em espanhol.
Jorge Bergoglio visitará os Estados Unidos entre 22 e 27 de setembro, após uma passagem de três dias por Cuba.

Você pode gostar