Por clarissa.sardenberg

Estados Unidos - O papa Francisco fez um apelo nesta quarta-feira aos Estados Unidos para que tomem medidas urgentes para impedir a ruína ambiental e combater a pobreza, ampliando o papel da Igreja Católica no combate às mudanças climáticas.

"Quando se trata de cuidar de nosso lar comum, estamos vivendo um momento crítico na história", disse o pontífice em discurso na Casa Branca, reforçando o tema abordado em sua encíclica de junho sobre o meio ambiente.

Papa Francisco chega à Casa Branca para encontro com Obama

Papa pediu%2C em discurso na Casa Branca%2C ação urgente dos EUA com relação às mudanças climáticasReuters

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deu as boas-vindas ao papa Francisco na Casa Branca nesta quarta-feira com elogios ao trabalho do pontífice no socorro aos pobres e a seu comprometimento no combate às mudanças climáticas.

Obama agradeceu o papa por ajudar a reaproximar os EUA e Cuba e classificou sua mensagem de “misericórdia” como algo que enfatiza a necessidade de acolher refugiados e imigrantes.

O presidente destacou os esforços de Francisco na ação contra o aquecimento global, um tema que divide democratas e republicanos nos Estados Unidos.

“Santo Padre, você nos lembra que temos a obrigação sagrada de proteger nosso planeta, a dádiva magnífica de Deus para nós”, disse Obama em seu pronunciamento escrito.

“Apoiamos seu apelo para que todos os líderes mundiais apoiem as comunidades mais vulneráveis a um clima em alteração e se unam para preservar nosso precioso mundo para as gerações futuras”.


Você pode gostar