Instagram revela que polêmica 'contra mamilos' é culpa da Apple

Restrição já gerou diversos memes e inclusive uma campanha para a rede social 'liberar os mamilos', a #freethenipple

Por O Dia

Inglaterra - O CEO do Instagram, Kevin Storm, explicou nesta quarta-feira o motivo da polêmica política da rede social "contra mamilos" femininos. Em um evento de mídia em Londres, na Inglaterra, o executivo contou que o motivo da censura é a rígida diretriz da App Store, que guia o tipo de conteúdo que pode ser mostrado nos aplicativos.

A restrição já gerou diversos memes e inclusive uma campanha para o Instagram "libertem os mamilos", a #freethenipple. Na prática, funciona assim: A Caso o aplicativo não siga as regras é deletado da "loja", deixando de ser adquirido por milhões de usuários do iPhone mundo afora.

Gracyanne Barbosa posou de topless, mas teve que 'colorir' os seios Reprodução Instragram

Kevin explicou que para que o Instagram não censure as imagens dos mamilos seria necessário mudar a classificação do app para um público acima de 17 anos, o que significaria consistentes perdas de audiência. Como o aplicativo quer concentrar o maior número de pessoas possível, continua a manter a classificação "PG-13", que estipula idade mínima de 13 anos e que os pais devem monitorar as atividades dos filhos na rede.

Nesta quinta-feira, a musa fitness Gracyanne Barbosa teve que "colorir" os seios em uma foto publicada na rede. Celebridades internacionais como Rihanna, Miley Cyrus e outras famosas já tiveram suas fotos removidas do app, além de muitas "mulheres comuns" também. 

Últimas de _legado_Mundo e Ciência