Publicidade com 'mulheres reais' é chamada de pornográfica

Campanha recebeu muitos elogios nas redes sociais por ajudar a promover uma imagem positiva do corpo

Por O Dia

Austrália - Uma campanha publicitária da marca de cosméticos Lush está provocando polêmica na Austrália. O anúncio usa a mudez para promover uma imagem positiva do corpo, mas foi classificado por alguns como "ofensivo" e "pornográfico". A campanha, que mostra quatro mulheres fora do padrão de beleza comum, imposto pela indústria, posando nuas de costas recebeu muitos elogios nas redes sociais por mostrar "mulheres reais".

Anúncio 'Go Naked' da Lush ganhou muito elogios na Internet por promover 'mulheres reais'Reprodução Facebook

"É um conteúdo pornográfico que não deveria estar aos olhos de crianças nem de adultos", diz uma das reclamações feitas ao órgão "ASB", que regulamenta propagandas na Austrália.

Segundo uma frequentadora de um shopping de Queensland, na Austrália, a campanha "foi colocada aos olhos das crianças".

A Lush retirou o anúncio "Go Naked" (Vá nua, em tradução literal) do shopping e informou que também recebeu reclamações sobre a retirada da publicidade. De acordo com o "Buzzfeed", o ASB que ressaltou um outro anúncio removido de uma loja de departamentos por "ficar os olhos das crianças".

A marca disse que não irá mudar sua forma de anunciar por causa do episódio. "Queremos que nossas mensagens empoderem as pessoas e não façam com que elas se sintam péssimas sobre si mesmas por causa de um corpo que provavelmente nunca é real porque foi 'melhorado' digitalmente", disse Peta Granger, diretora da marca. 


Últimas de _legado_Mundo e Ciência