Barco naufraga e mata 12 refugiados sírios na costa da Turquia

Acidente aconteceu quando a embarcação seguia para a Grécia

Por O Dia

Turquia - Doze pessoas morreram afogadas na costa da Turquia neste sábado quando tentavam chegar à Grécia. Segundo informações do jornal espanhol "El País" e o jornal turco "Daily News", as pessoas estariam vindo da Síria. Entre os mortos estão quatro crianças.

Pelo menos 23 viajantes foram resgatados por um barco pesqueiro turco, afirmam as publicações. Não há informações precisa sobre o número de pessoas que faziam a travessia.

A embarcação de madeira saiu da cidade Ayvalik (noroeste de Turquia) em direção à ilha grega de Lesbos, localidades utilizada por milhares de refugiados de conflitos na África e Ásia para acessar o continente Europeu.

Na última quarta-feira, 85 embarcações chegaram à ilha grega de Lesbos, ponto de entrada na Europa para grande parte dos migrantes que saem da Turquia.

Na sexta-feira a Organização Internacional para as Migrações (OIM) divulgou relatório que aponta que mais de 613 mil migrantes que chegaram à Europa em 2015, atravessando o Mediterrâneo. Deste total, cerca de 3.100 morreram ou estão desaparecidos.

Segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), a maioria dos que chegaram é formada por sírios, que representam 69% dos que atingem a Grécia. Do total de 613 mil, aproximadamente 473 mil chegaram à Grécia e 137 mil à Itália, acrescentou a organização.

O aumento na entrada de migrantes agrava uma situação já caótica na Ilha de Lesbos. Segundo Adrian Edwards, porta-voz do Acnur, na quinta-feira (15) integrantes do Alto Comissariado tiveram de ser retirado por algum tempo de um centro de registro devido a atos de violência.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência