Premiê de Portugal cai após 12 dias

António Costa, líder do Partido Socialista, articulou a coalizão da esquerda e pode ser indicado para o cargo

Por O Dia

Portugal - Menos de duas semanas depois de empossado, Pedro Passos Coelho foi derrubado ontem do cargo de primeiro-ministro de Portugal — é o governo mais curto da história do país —, em uma batalha na Assembleia da República. Os parlamentares aprovaram, por 123 a 107, a rejeição ao programa de governo, o que na prática obriga o presidente, Cavaco Silva, a indicar um novo primeiro-ministro.

A derrota de Passos Coelho foi consequência de união inédita dos partidos de esquerda, que ganhara a eleição em votos absolutos, mas não em cadeiras no parlamento.

António Costa, líder do Partido Socialista, articulou a coalizão da esquerda e pode ser indicado para o cargo.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência