Idosas pacientes de AVC são principais atendidas por fisioterapia em casa

Pesquisa realizada em clínica na Zona Norte sugere a inclusão do tratamento na rede pública de saúde

Por O Dia

Rio - Mulheres idosas, com cerca de 75 anos e sequelas de acidente vascular cerebral (AVC) são os pacientes que mais fazem sessões de fisioterapia em casa. Esta é a conclusão de um estudo que investigou o perfil dos pacientes assistidos em uma clínica no Rio de Janeiro que sugere que a fisioterapia domiciliar é uma assistência voltada principalmente para idosos e deveria ser prestada pela rede pública de saúde.

Afisioterapeuta Ana Luzia Batista de Góis, doutora em Ciências Médicas pela Uerj, conduziu o estudo, lançado este mês pela editora Novas Edições Acadêmicas, da Alemanha. O livro "Fisioterapia domiciliar no Rio de Janeiro —Perfil epidemiológico" é resultado da investigação de 1.203 pacientes atendidos entre 1999 e 2009, atendidos na clínica dirigida pela autora.

O trabalho será lançado na sexta-feira, dia 27, às 19 hs, na Livraria Argumento, no Leblon (Rua Dias Ferreira 417).

Últimas de _legado_Mundo e Ciência