Por clarissa.sardenberg
Publicado 23/11/2015 14:16 | Atualizado 23/11/2015 14:22

Bélgica - A Procuradoria de Bruxelas anunciou que prendeu mais cinco pessoas nesta segunda-feira em áreas da capital belga e da cidade de Liége. As detenções foram resultado de mais sete ações da polícia - cinco em Bruxelas e duas em Liége - e aumentaram para 21 o número de suspeitos encarcerados nas últimas 24 horas. Não foi informado se armas ou explosivos foram encontrados, apenas que 26 mil euros foram apreendidos nas ações.

Bélgica está em estado de emergência%3B subiu para 21 número de suspeitos de terrorismo encarcerados Reuters

Soldados patrulhavam as ruas de Bruxelas e faziam a guarda de prédios da União Europeia nesta segunda-feira, no terceiro dia de um bloqueio de segurança. Escolas, museus, estações de metrô e muitas lojas e cinemas vão continuar fechados nesta segunda-feira, na movimentada capital da União Europeia.

A Otan, que aumentou o nível de alerta desde os ataques em Paris em 13 de novembro, informou que sua sede no país estava aberta, mas alguns funcionários pediram para trabalhar de casa e visitas externas foram canceladas.

O primeiro-ministro belga, Charles Michel, disse que a cidade de 1,2 milhão de habitantes irá continuar no quarto, e mais alto, nível de ameaça à segurança, que significa que a ameaça de um ataque é "séria e iminente".

"O que tememos é um ataque similar ao de Paris, com diversos indivíduos que possivelmente podem iniciar diversos ataques ao mesmo tempo em múltiplos locais", disse durante entrevista coletiva a jornalistas.


Você pode gostar