Bar em Paris reabre e vira símbolo antiterror

A boemia em Paris dá mostras de força e esperança

Por O Dia

Rio - Três semanas após a matança que deixou 130 mortos e chocou o mundo, a boemia em Paris dá mostras de força e esperança. Primeiro dos seis alvos dos extremistas islâmicos, o bar La Bonne Bière reabriu ontem. Uma multidão, entre clientes e jornalistas, foi à reinauguração da casa, que teve cinco vítimas fatais.

O bar é o primeiro a voltar a funcionar após a tragédia e transformous-se em uma espécie de símbolo da resistência francesa. Na fachada, um grande cartaz branco e preto diz: “Estou na varanda”, em desafio aos jihadistas. Os demais estabelecimentos atacados em 13 de novembro seguiam fechados. No quadro-negro onde o menu do dia é apresentado, uma longa mensagem escrita com giz terminava com estas palavras: "É o momento de estar juntos, unidos e avançar para não esquecer".

Na fachada do bar%2C mensagem aos jihadistas%3A ‘Estou na varanda’Reprodução

O bar, no qual cinco pessoas morreram, "apagou os estigmas deste pesadelo" e decidiu reabrir "para fazer o bairro reviver", disse a sua encarregada, Audrey Bily, durante uma coletiva de imprensa improvisada diante de meios de comunicação do mundo inteiro. “Queremos ensiná-los (aos jihadistas) que somos mais fortes que eles”, declarou.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência