Coreia do Norte diz que testou com sucesso bomba de hidrogênio

Kim Jong-un escreveu que o mundo deve 'olhar para o forte Estado com armas nucleares'. Teste provocou condenação

Por O Dia

Coreia do Norte - A Coreia do Norte disse que testou com sucesso um artefato nuclear de hidrogênio em tamanho reduzido nesta quarta-feira, reivindicando um avanço significativo em suas capacidades de ataque e acionando um sinal de alerta no Japão e na Coreia do Sul. "Que o mundo olhe para o forte e autossuficiente Estado com armas nucleares", escreveu Kim Jong-un em uma nota manuscrita exibida pela TV estatal da Coreia do Norte.

ONU condena teste nuclear e diz que iniciativa é inquietante

Serviço de inteligência da Coreia do Sul acredita que a potência da explosão provocada pelo teste norte-coreano foi equivalente a 6.0 quilotonsEFE

O teste, que representa a quarta vez que o Estado isolado detona um dispositivo nuclear, foi ordenado pelo jovem líder Kim Jong Un e realizado com sucesso às 10h do horário local (23h30 de terça-feira no horário de Brasília), segundo a agência de notícias oficial norte-coreana, a KCNA.

O teste nuclear provocou condenação internacional. A China, principal aliado do país, expressou "oposição resoluta" e disse que vai apresentar um protesto formal junto ao governo de Pyongyang.

A presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, disse que o pais vai tomar medidas firmes contra qualquer provocação adicional da Coreia do Norte e trabalhar com a comunidade internacional para garantir que o país isolado pague o preço por seu mais recente teste nuclear.

Separadamente, a agência de notícias sul-coreana Yonhap disse que o serviço de inteligência de Seul acredita que a potência da explosão provocada pelo teste norte-coreano foi equivalente a 6.0 quilotons.

A Coreia do Norte busca há muito tempo o reconhecimento diplomático dos Estados Unidos, mas vê seu poder de dissuasão nuclear como crucial para garantir a sobrevivência de sua ditadura de terceira geração.


Últimas de _legado_Mundo e Ciência