Pedreiro é morto pela mulher ao ser flagrado com amante

Argentina se escondeu no porta-malas de carro e surpreendeu casal. Após o crime, ela decidiu se entregar à polícia

Por O Dia

Argentina - Analía Beatriz Cabello, de 37 anos, matou o marido após flagrá-lo com uma suposta amante nesta terça-feira em San Carlos de Bolívar, em Buenos Aires, na Argentina. O pedreiro Alfredo Rodolfo Schuwab, de 40 anos, foi morto com um tiro e sua acompanhante, a ex-cunhada María Lujan Aragón, de 32 anos, ficou ferida, segundo a imprensa local.

Alfredo Rodolfo Schuwab foi morto pela esposa na Argentina ao ser flagrada com a ex-cunhadaReprodução Facebook

Após cometer o crime, Analía decidiu se entregar à polícia.

Para flagrar o casal, Analía se escondeu no porta-malas do carro do marido no momento em que ele saiu de casa para buscar a amante.

Após chegarem ao destino, a mulher saiu do esconderijo no carro e começou a discutir com o pedreiro, atirando em seguida. Ela ainda usou o automóvel para voltar para casa.

Assim que chegou, Analía avisou parentes sobre o crime e se entregou à polícia.

Ela indicou à polícia o local onde havia cometido o crime e quando os agentes chegaram ao local, Alfredo já estava sem vida. A ex-cunhada María Lujan estava no local e foi encaminhada para um hospital, onde continua internada.

Analía foi acusada de homicídio, tentativa de homicído e porte ilegal de arma de fogo e está presa.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência