Por clarissa.sardenberg
Publicado 07/01/2016 17:57 | Atualizado 07/01/2016 18:08

Argentina - Um homem foi preso nesta quarta-feira em Vila Balnearia, em Santiago del Estero, na Argentina, por fazer a própia filha de escrava sexual por 20 anos e engravidá-la oito vezes. O caso veio à tona quando a mulher foi a um hospital e acabou contando que seu pai biológico era também pai das crianças. A vítima teria cerca de 30 anos e sua identidade foi preservada. O caso deixou o país em choque. 

Domingo Bulacio, de 56 anos, teria feito a filha assumir o papel de dona de casa quando a mãe faleceu e seus dois irmãos foram morar com parentes, de acordo com o "Clarín". Em pouco tempo ela passou a sofrer todo tipo de violência e teve oito filhos por conta dos abusos do pai. A vítima teria 11 anos quando os abusos começaram.

Os médicos que atenderam a mulher desconfiaram do seu comportamento e acabaram descobrindo que ela era ameaçada de morto por Bulacio. Ela foi ao hospital levar o filho mais novo, de 5 anos, que estava doente. Segundo a publicação, os abusos eram cometidos na frente das crianças.

Vizinhos já desconfiavam do homem e disseram que era uma pessoa violenta. Bulacio fugiu por um mês e meio antes de ser encontrado pela polícia até que o acharam em uma casa em uma zona rural da cidade de Loreto. Ele foi autuado por "abuso sexual agravado por vínculo". De acordo com a polícia, as crianças serão interrogadas e exames de DNA serão feitos para confirmar a paternidade.

Você pode gostar