Por fernanda.macedo
EUA - Durante sua participação na CES 2016, a Lenovo anunciou que deixará de utilizar a marca Motorola em seus smartphones. A notícia foi dada por Rick Osterloh, chefe de operações da Motorola, durante uma entrevista para o site CNET na feira que acontece em Las Vegas, nos Estados Unidos. "Nós deixaremos lentamente a marca Motorola e focaremos em Moto", disse Osterloh.
A Motorola Mobility continua a existir como parte do grupo Lenovo, liderando as áreas de engenharia e design de todos os produtos móveis. Como estratégia de marketing, a empresa segue globalmente com duas marcas em smartphones e wearables: Moto e Vibe. Há muito tempo, “Moto” tem sido sinônimo de Motorola e, recentemente, a empresa passou a enfatizar o "Moto" como uma marca de produto, que representa a herança da Motorola.
Publicidade

Moto deverá ser utilizada para smartphones top de linha e Vibe para aparelhos intermediáriosDivulgação

A empresa passará a adotar a marca para os aparelhos top de linha da Lenovo. Já os produtos intermediários chegarão ao mercado por meio da linha Vibe, como o A7010, lançado recentemente. Apesar da mudança, o ícone da Motorola permanecerá na linha Moto. O logo da Lenovo também será incluído nos novos modelos de smartphones com o Moto X e o Moto G.

A mudança é uma surpresa para muitos usuários. Mesmo sendo líder do mercado de PCs, a Lenovo não conta com a mesma força entre os celulares. A Motorola, por outro lado, é uma das marcas mais tradicionais do setor.
Publicidade
Adquirida pelo Google em 2012, a Motorola foi vendida dois anos depois para a Lenovo por, aproximadamente, US$ 3 bilhões. A empresa não informou exatamente quando a mudança ocorrerá, mas a transição deverá ser feita lentamente nos próximos meses.