Por tiago.frederico

México - O maior traficante de drogas do México foi capturado pela vaidade. El Chapo, preso na última sexta-feira após um jogo de gato e rato com a polícia mexicana, queria transformar sua história de fugas mirabolantes das prisões em filme. seus advogados negociavam com atores e produtores para transformar a vida do criminoso numa megaprodução. Essa movimentação ajudou na captura do bandido.

Nascido em 4 de abril de 1957 no município de Badiraguato, no Estado de Sinaloa, no seio de uma família de agricultores, Joaquín Guzmán Loera começou sua carreira no crime como braço direito de Miguel Ángel Félix Gallardo, chefe do Cartel de Guadalajara, no anos 80. Em 1989, Gallardo foi detido e seu cartel se dividiu. Guzmán, então, foi a Culiacán, capital de Sinaloa, para fundar sua própria quadrilha, consolidando-se como o líder do tráfico de drogas no México.

El Chapo foi levado para uma penitenciária mexicana%2C mas poderá ser extraditado para os Estados UnidosReuters

Desde o começo da década de 90, o Cartel de Sinaloa, ou do Pacífico, transportou a droga procedente da Colômbia por túneis através da fronteira com os Estados Unidos, e a organização estendeu seus tentáculos até Europa e Ásia. Em várias ocasiões, ele também usou suas sofisticadas passagens subterrâneas para escapar, o que lhe valeu o título de “O Senhor dos Túneis”.

Após várias prisões e fugas, finalmente El Chapo foi detido outra vez na última sexta-feira em um motel nos arredores de Los Mochis, onde estava escondido depois de fugir pelo sistema de águas e esgoto de uma casa para escapar de uma operação das Forças Armadas iniciada após uma denúncia.

Nesta novela, resta saber se El Chapo ficará preso novamente em uma penitenciária mexicana para acabar de cumprir suas condenações ou se será extraditado aos Estados Unidos, que o reivindica por narcotráfico, para evitar que volte a escapar.

Você pode gostar