Por lucas.cardoso
Obama participará do último discurso do Estado da UniãoEfe

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que poderia imaginar o candidato presidencial republicano Donald Trump fazendo um discurso sobre o Estado da União, mas em uma esquete de comédia. Obama e seu vice-presidente, Joe Biden, falaram no programa "Today", da NBC, em entrevistas que foram ao ar nesta terça-feira, algumas horas antes de Obama fazer o último discurso do Estado da União de sua presidência. 

O presidente democrata foi questionado se poderia imaginar Trump, o bilionário conhecido por seu estilo bombástico, fazendo o seu próprio discurso do Estado da União como presidente. "Bem, eu posso imaginar, em uma esquete de 'Saturday Night'", disse Obama, referindo-se ao programa de comédia de fim de noite da NBC "Saturday Night Live". 

Na entrevista, que foi gravada na segunda-feira, Obama disse que lamenta não ter realizado a sua meta de unificar os americanos, especialmente em Washington. Ainda assim, ele disse não acreditar que os eleitores sejam seduzidos pela abordagem mais radical de Trump. "Estou muito confiante de que a esmagadora maioria dos norte-americanos está buscando uma política que alimente nossas esperanças, e não nossos medos, que trabalhe com parcerias, e não tente dividir, e que não proponha soluções simplistas e procure bodes expiatórios", disse Obama. 

Trump costuma ter retórica racista. Chegou a dizer que deportaria todos os imigrantes ilegais e, em dezembro, pediu a proibição da entrada de muçulmanos nos Estados Unidos.
Você pode gostar