Por lucas.cardoso
San Francisco - O executivo-chefe da Netflix, Reed Hastings, criou um fundo filantrópico destinado à educação dotado com US$ 100 milhões e anunciou que o primeiro US$ 1,5 milhão será investido na Fundação Hispana do Vale do Silício e no United Negro College Fund.
"Estou muito feliz de anunciar que financiarei um novo fundo filantrópico para a educação com US$ 100 milhões", escreveu Hastings em seu perfil no Facebook na última hora de terça-feira. O Fundo Hastings será administrado através da Fundação Comunitária de Vale do Silício.
Publicidade
"As duas primeiras doações serão para o United Negro College Fund e a Fundação Hispana do Vale do Silício para apoiar a educação universitária de jovens negros e latinos com um total de US$ 1,5 milhão", declarou Hastings. O executivo da Netflix afirmou sentir-se afortunado de poder capitanear uma iniciativa desse tipo e disse confiar em poder fazer mais no futuro.
Hastings está envolvido há anos em projetos de reforma educativa e apoiou uma iniciativa na Califórnia em 1998 que facilitou a criação das chamadas "charter schools", escolas criadas por professores, pais ou grupos comunitários que contam com financiamento público. O executivo foi também presidente do Conselho Estadual para a Educação da Califórnia entre os anos 2001 e 2005 e doou milhões de dólares a projetos educativos.