Zika deve se espalhar por toda a América, diz OMS

No continente, além do Brasil, 20 países já registraram transmissão do vírus

Por O Dia

Brasília - A zika, doença transmitida pelo Aedes aegypti e associada a surtos de microcefalia, vai contaminar todo o continente americano. O alerta foi divulgado nesta segunda-feira pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com dados da Organização Pan-Americana da Saúde. Somente Chile e Canadá, onde a infestação do mosquito é quase nula, devem ficar livres. No Brasil, o ministro da Saúde, Marcelo Castro, balança no cargo, depois de declarações desastradas, que irritaram a presidente Dilma Rousseff.

Chile e Canadá devem ser os únicos países das Américas que não terão surto da zikaArte%3A O Dia

Desde maio, 21 países das Américas registraram transmissão interna do vírus. A “rápida disseminação” do Zika pelo continente, segundo a organização, se deve à presença do mosquito e também ao fato de a maioria da população não ter imunidade ao vírus.

A transmissão do Zika pelo Aedes é certa e conhecida. Porém, as informações sobre possível contaminação por sêmen ainda são limitadas. O vírus já foi isolado no esperma, mas ainda são necessárias investigações para saber se a transmissão sexual é possível.

Pelo sangue já foi confirmado o contágio. Segundo a Opas, é uma forma pouco frequente e pode ser evitada na triagem do sangue para transfusão. A contaminação de mãe para filho na gravidez e na hora do parto são pontos em pesquisa, apesar de o Brasil já ter registrado seis bebês que nasceram com microcefalia e tiveram exame positivo para Zika.

Sobre a transmissão pelo leite materno, a OMS informou que não há registros e que as mães, mesmo as infectadas, podem continuar com o aleitamento até os seis meses e depois conforme recomendação médica.

No Brasil, enquanto se organizam mutirões, muito se especula sobre a situação de Marcelo Castro, que já foi estrategicamente ‘tirado de cena’ após falas desastrosas, como “o Brasil está perdendo feio a guerra contra o mosquito” e “vamos torcer para que as pessoas antes de entrar no período fértil peguem a zika”.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência