Por clarissa.sardenberg
África do Sul - Equipes de emergência resgataram 87 dos cerca de 100 mineiros que ficaram presos sob a terra nesta sexta-feira após o desabamento uma galeria da exploração de ouro da África do Sul na qual trabalham. Três continuam desaparecidos. "Estão todos praticamente já fora [da mina]", disse o porta-voz da exploradora de minério Vantage Goldfields, Mike McChesney.

Os trabalhadores resgatados sofreram ferimentos leves e estão sendo tratados no exterior da mina, situada nas imediações do município de Barberton, na província nordeste de Mpumalanga.

Cerca de 100 trabalhadores ficaram presos em mina na África do Sul Reuters

Soldados dos serviços de emergência continuam com os trabalhos de resgate para tirar os mineiros presos, cujo número exato é desconhecido.

As autoridades foram alertadas sobre o desabamento às 8h30 local (4h30, em Brasília), e tratam de estabelecer as causas do acidente.

Fontes do sindicato majoritário na mina, a União de Mineiros e Trabalhadores da Construção (AMCU, em sua sigla em inglês) elevaram a 112 o número de mineiros que ficaram sob terra após o desabamento.
Publicidade
Dezenas de mineiros morrem a cada ano em acidentes de trabalho na África do Sul, um país com importantes reservas de metais preciosos como ouro e platina.
*Com EFE e Reuters