Por adriano.araujo

Rio - O crescimento do movimento no Transcarioca já superou as expectativas, e a segunda etapa de implantação do serviço, com mais seis estações, do Tanque até Madureira, começa a ser preparada. O secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão, tem ido quase que diariamente monitorar a operação do novo corredor BRT, mas não marcou o dia para a expansão do serviço.

“Ainda não temos a data, mas está próxima. Precisamos implementar o serviço aos poucos. É o passageiro que decide quando ele entra no sistema, e não a gente”, afirmou Sansão, ao visitar o Terminal Alvorada na tarde da última quarta-feira.

Confira do BRT TranscariocaArte O Dia

Até o início da semana passada, a expectativa era de que a implementação dessa segunda etapa ocorresse até o fim deste mês, mas, com o adiamento das novas alterações no trânsito da Zona Portuária para o próximo sábado, acredita-se que a prefeitura possa postergar a medida para que as mudanças não sejam simultâneas.

A segunda etapa será um grande passo na operação do Transcarioca, que acaba de atingir a marca de 36 mil passageiros por dia. Inaugurado no início de junho, o serviço cresceu, no primeiro mês, 7% ao dia. “Esperávamos que ainda fosse levar um mês para atingir o movimento atual. A próxima fase, até Madureira, pode dobrar o número de passageiros rapidamente porque passa por bairros com grande densidade populacional”, afirmou Lélis Marcos Teixeira, presidente da Rio Ônibus, responsável pela operação do BRT.

Com a abertura das seis estações entre o Tanque e Madureira, onde haverá integração com os trens da SuperVia, mais três linhas do Transcarioca começarão a operar: Madureira – Alvorada (expressa, com sete paradas; e paradora, com 25 paradas) e Madureira – Santa Efigênia (expressa, com cinco paradas). Estes serviços substituirão as duas linhas existentes entre o Tanque e Alvorada.

Galeão 1 e 2: 55 mil na Copa

Inaugurado pouco antes da abertura da Copa, o serviço Galeão-Alvorada, com uma parada em Vicente de Carvalho, onde há a integração como metrô, foi a opção de transporte recomendada pela prefeitura para os turistas que chegavam ao Aeroporto Internacional do Rio e queriam ir direto para o Maracanã. Com isso, durante o mês da competição, o BRT registrou um movimento de 55 mil passageiros nas estações Galeão 1 e 2.
Atualmente, as três linhas operadas no corredor Transcarioca funcionam com 44 ônibus articulados, de 21 e 23 metros de comprimento e capacidade para levar até 200 passageiros. Com a segunda etapa, o número de veículos deve chegar a 90.

Quando estiver operando com todas as estações, o que deve ocorrer até o fim do ano, serão 157 veículos articulados, que levarão até 320 mil passageiros por dia.

Você pode gostar