Por marlos.mendes

Rio - A prefeitura adiou para o dia 8 de novembro as alterações previstas nos itinerários e nas paradas de ônibus que passam pelo Centro do Rio. As mudanças, que seriam válidas a partir deste sábado (1), foram estendidas a 89 linhas, sendo 62 intermunicipais e 27 municipais, em vez de 45 como foi anunciado no final de setembro. O objetivo da medida é diminuir o fluxo de veículos nas vias que apresentam menor capacidade de tráfego.

Entre as linhas intermunicipais, 62 sofrerão alterações. O itinerário daquelas que fazem ponto final no Terminal Menezes Cortes e na Av. Nilo Peçanha será mantido na chegada ao Centro, mas a saída deixará de ser pela Rua 1º de Março e passará à Rua da Assembleia e ao BRS Carioca, seguindo pela Praça da República, por onde farão o acesso à Av. Presidente Vargas. As intermunicipais do terminal Menezes Cortes não terão o trajeto de chegada alterado, mas passam a sair da cidade pela Av. Mem de Sá. Aquelas com destino a Petrópolis, Teresópolis e Rio Bonito acessarão a Av. Presidente Vargas pela Rua de Santana. As linhas que trafegam pelo Binário do Porto passam a ter acesso à via, seguindo pela Praça da República e Túnel João Ricardo. As paradas terminais das linhas 1906B (Paracambi - Castelo) e 1907B (Japeri - Castelo), serão transferidas para a pista lateral da Av. Presidente Vargas.

Presidente Vargas é uma das vias que terá mudanças a partir do dia 8 de novembroSeverino Silva / Agência O Dia

"A gente precisa melhorar a fluidez das linhas do BRS. Com as obras que estão sendo realizadas no Centro, a gente entende que é preciso racionalizar essas linhas e parte dessa racionalização se dá com a transposição dos pontos finais pra evitar que as linhas cruzem o Centro sem necessidade. O objetivo é concentrar as linhas no coração do centro da cidade", afirmou o secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão. Segundo ele, o adiamento foi necessário para que a Secretaria tivesse mais tempo para divulgar a medida.

Já as convencionais que atualmente utilizam o terminal na Av. Chile e a linha executiva 2310, com destino a Bangu, passam a terminar a viagem na pista lateral da Av. Presidente Vargas, sentido Praça da Bandeira, entre a Rio Branco e a Rua dos Andradas. As executivas com destino a Santa Cruz e Campo Grande (2303, 2304, 2307, 2308, 2309 e 2331) permanecerão na Av. Chile e não terão o trajeto alterado.

O ponto final das linhas com destino a Duque de Caxias na Av. Luis de Vasconcelos será mantido, com exceção da linha 2111C (Duque de Caxias - Candelária, via Vigário Geral), que será remanejada para a Av. Presidente Vargas. O ponto final das linhas 521D (Alcântara-Passeio) e 565D (Passeio-Santa Rosa), que seria transferido para a Presidente Vargas, será mantido na Av. Augusto Severo. As demais linhas intermunicipais com parada final na Av. Augusto Severo e Passeio Público serão transferidas para as Ruas Acre e Camerino e para a pista Lateral da Av. Presidente Vargas.

Os ônibus que param atualmente na Av. Rio Branco, entre a Av. Presidente Vargas e a Rua Visconde de Inhaúma, terão o ponto final transferido para a Rua Visconde de Inhaúma, entre as ruas da Candelária e da Quitanda.

Segundo Alexandre Sansão, 450 mil folhetos serão distribuídos em pontos de ônibus e dentro dos coletivos para alertar a população nas primeiras semanas de mudanças. As alterações também serão divulgadas através de agentes educativos em pontos estratégicos.

Confira mais detalhes sobre as mudanças das linhas


Você pode gostar