Bebê salva por motorista super-herói completa um mês de vida

Condutor estava parado em ponto de ônibus na Zona Norte do Rio quando gestante desmaiou, no início de março

Por O Dia

A recepcionista Caroline Gerhard, de 26 anos, estava grávida de sete meses quando passou mal na rua e desmaiou em cima da passarela da estação de trem de Oswaldo Cruz, Zona Norte do Rio. Ela voltava sozinha para casa na tarde do dia 10 de março, mas um anjo ao volante surgiu em seu destino e no da pequena Mirella, hoje com um mês de vida. O nome do herói é Fábio Pinto, motorista de ônibus que passava pelo local e deixou o veículo cheio de passageiros para ir socorrer a jovem.

“Parei no ponto de ônibus e observei um tumulto na passarela. Imediatamente saí do veículo e perguntei se tinha alguém passando mal. Quando eu desci, vi uma gestante. Pedi para trazerem ela que eu iria socorrê-la, mas me disseram que ela não queria vir. Fui lá em cima buscá-la e a trouxe para dentro do ônibus”, lembra o rodoviário, de 33 anos, que trabalha na linha 653 (Marechal Hermes – Méier).

Caroline estava grávida de sete meses quando passou mal na rua. Fábio já conheceu a pequena Mirella, hoje com 1 mês de vidaDivulgação

Mesmo com o coletivo cheio, o condutor transportou Caroline até a maternidade Alexander Fleming, em Marechal Hermes. Era o décimo dia de trabalho de Fábio, pai de um menino de sete anos, na empresa Transportes Estrela.

“Eu estava meio inconsciente ainda, mas lembro de todo mundo me apoiando no ônibus, orando comigo, falando que tudo ia dar certo. Quando cheguei ao hospital, os médicos ficaram desesperados porque eu estava com a pressão muito baixa, marcando 7 por 6. Se não fosse ele, nem sei o que poderia acontecer”, conta Caroline, emocionada. Ela tinha ido tomar vacina no dia em que passou mal.

A menina Mirella nasceu saudável dois meses após esse episódio. Recentemente, Fábio foi até a casa de Caroline visitar a bebê que ajudou a salvar. “A gente está sempre apto para ajudar o próximo a todo momento, não só no meu ramo, mas na vida, no cotidiano”, diz o motorista super-herói.

Últimas de _legado_O Dia no Coletivo