Editorial: Dengue, uma luta de todos

Drama enfrentado pela população do Rio de Janeiro há anos, a dengue volta atacar com as proximidades do verão

Por O Dia

Rio - Drama enfrentado pela população do Rio de Janeiro há anos, a dengue volta atacar com as proximidades do verão. E a maior ameaça já paira sobre moradores de 81 bairros das Zonas Norte e Oeste do Rio. Regiões já apresentam índices de infestação acima dos considerados seguros pela Organização Mundial de Saúde, como mostrou ontem O DIA.

O levantamento obriga o poder público a reforçar as medidas de combate ao mosquito transmissor, o Aeds aegypti. E espera-se que o faça desde já, pondo o seu exército de agentes de saúde e fumacês nas ruas. Mas a luta contra o mosquito necessita de cooperação mútua.

A dengue é um problema que desafia a todos. E não é só uma questão de saúde pública, mas também de educação, comunicação e mobilização. As ações para combatê-la não podem ser restritas aos governos.

O mosquito tem as nossas casas como local preferencial para colocar seus ovos. E a estratégia mais eficaz de controle e prevenção é a justamente a eliminação desses focos.

Para isso, é necessário incluirmos na rotina diária algumas medidas simples, como verificar acúmulo de água em calhas, ralos, bandejas de geladeira e ar-condicionado, entre outros locais, e a vedação adequada da caixa d’água. Cabe a todos prevenir uma doença que pode trazer tragédia para muitas famílias.

Correção: Ao contrário do publicado aqui ontem, foi da Core, da Polícia Civil, e não do Bope, a operação policial no conjunto de favelas da Maré. À equipe da Core, pois, os nossos aplausos.

Últimas de _legado_Opinião