Padre Omar: Amor é treino

Essa experiência de amar, que é tão humana e, ao mesmo tempo, divina, pode e deve acontecer no relacionamento a dois, mas também precisa se manifestar no cotidiano das outras relações afetivas que temos

Por O Dia

Rio - Quem não se lembra do seu grande amor? E daquela sensação mágica de estar absolutamente envolvido por outro ser? Como experimentar toda a beleza de se descobrir amando é bom! Quando a gente depara com o amor, parece que tudo ao nosso redor muda, porque o próprio sentimento nos impele a querer cuidar do outro, ser para o outro. É como se nos forçasse à espontaneidade (por mais ilógico que possa soar!) de abrir mão de nós mesmos pelo outro. Diante do ser amado morre o nosso egoísmo, o nosso egocentrismo, porque o amor traz em si um poder curador também para nós, já que, por meio dele, Deus se manifesta em nossa vida e na vida dos outros.

Essa experiência de amar, que é tão humana e, ao mesmo tempo, divina, pode e deve acontecer no relacionamento a dois, mas também precisa se manifestar no cotidiano das outras relações afetivas que temos. Seja com familiares, amigos ou conhecidos, simplesmente porque é o que nos pede a Palavra de Deus. Veja: “Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor é de Deus, e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.” (I Jo4,7-8)

Assim, ao rezarmos a ‘Oração da Paz’, mais conhecida como ‘Oração de São Francisco’, na verdade estamos pedindo a Deus coragem para amar a todos. Perceba: “Ó, Mestre, fazei que eu procure mais... amar que ser amado.”

Talvez você esteja se perguntando o motivo pelo qual seja necessário pedir a Deus coragem para amar... Então, eu proponho que você olhe para o seu interior e reflita: será que você não tem medo de amar? Em nosso mundo, nesta época em que cada um parece querer se importar só consigo mesmo, onde valores e sentimentos não são respeitados, parece que quem se dispõe a amar é bobo, porque vive sendo enganado, traído, pisado, ignorado... ferido! Essa triste realidade tem estado diante dos olhos de muitos de nós e nos levado ao fechamento. E é por isso mesmo que precisamos de, na oração, pedir a ajuda de Deus.

Deus sabe nos ensinar a amar sem medida! Já se deu conta de que Jesus não teve medo de ir até as últimas consequências por amor a nós? Ele, sem esperar por nenhum reconhecimento, sendo inocente, morreu como o mais cruel pecador, numa cruz, para que eu e você tivéssemos salvação. Esse é o amor ágape, que é pura doação, que precisamos ter diante dos olhos. Ele não espera nada em troca, é o nosso modelo.

Amor é treino. Quanto mais eu treino me doar ao outro, mais aprendo a amar. E mais sinto o quanto amar é gratificante... Quem teme amar não experimenta a beleza de ver alguém surpreendido por um ato nosso, não contempla um olhinho brilhante de gratidão, nem recebe beijos ou abraços espontâneos de quem não tem com o que retribuir o nosso amor... São essas coisas e situações que fazem a vida valer a pena e nos dão energia para seguir em frente. Eu me lanço ao desafio, ousado para os dias de hoje, de amar a todos. E você, está disposto a se doar ao outro, sem esperar nada em troca? Será uma linda jornada! ‘Tamo junto’!

Padre Omar: é o Reitor do Santuário do Cristo Redentor do Corcovado. Faça perguntas ao Padre Omar pelo e-mail padreomar@padreomar.com. Acesse também www.padreomar.com e www.facebook.com/padreomarraposo

Últimas de _legado_Opinião