Vinicius Lages: Turismo que abre portas

Afirmar que o Brasil possui vocação nata para o turismo é senso comum

Por O Dia

Rio - Afirmar que o Brasil possui vocação nata para o turismo é senso comum. Além dos nossos atrativos naturais e culturais, somos um dos povos que mais sabem receber os visitantes no mundo. A Copa no Brasil comprovou essa nossa característica. A hospitalidade foi o item mais bem avaliado pelos turistas estrangeiros no evento: 97,4% aprovaram o nosso atendimento.

Para fortalecer a competitividade dos serviços turísticos, no entanto, não basta apenas gentileza. É preciso profissionalismo. Investir na capacitação profissional para os trabalhadores estarem, cada vez mais, aptos a atender os visitantes. Com este objetivo, o Ministério do Turismo e Ministério da Educação criaram, em 2012, o Pronatec Turismo.

O programa de qualificação profissional voltado para o setor turístico comemora, no Rio de Janeiro, a marca de 100 mil alunos formados. E celebrar a formatura do aluno número 100 mil no Rio é simbólico. Além de ser um dos destinos turísticos mais importantes do Brasil e do mundo, a cidade recebeu a final da Copa, está prestes a completar 450 anos e prepara-se para sediar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. A capital carioca, que recebe todos os anos milhares de turistas em eventos como o Carnaval e o Réveillon, terá a chance de comprovar, mais uma vez, a sua vocação e preparo para sediar grandes eventos.

Em 2015 o programa deve ser expandido. Serão mais de 100 cursos profissionalizantes atendendo a 214 municípios. Além dos destinos turísticos já consolidados, o foco será ampliado para os municípios no entorno de parques nacionais, para atividades associadas direta ou indiretamente ao turismo que promovam o desenvolvimento local e para jovens em situação de vulnerabilidade.

O Brasil é um país de oportunidades e o setor turístico está cada vez mais incluído na agenda econômica. A principal matéria-prima para essa conquista nós já temos: a simpatia, hospitalidade e originalidade do povo brasileiro. Com profissionalismo temos tudo para transformar o turismo na próxima fronteira do desenvolvimento econômico

Vinicius Lages é Ministro do Turismo

Últimas de _legado_Opinião