José Ricardo Rocha Bandeira: Dezembro negro

As mortes, principalmente a dos PMs de UPPs, demonstram a cruel política de envio de policiais inexperientes ao campo de batalha

Por O Dia

Rio - O mês começou com inúmeros protestos no Rio pedindo justiça e paz, após os trágicos episódios que colocaram em xeque a política de segurança pública do estado. O ano está terminando com 114 policiais mortos. Este número, somado aos constantes confrontos relatados nas áreas tidas como pacificadas, revela a falência da estratégia de pacificação imposta pelo governo estadual, uma vez que não existe pacificação sem paz.

As mortes, principalmente a dos policiais que servem nas UPPs, demonstram a cruel política de envio de policiais inexperientes ao campo de batalha. Acabam sacrificados, vítimas da violência em nome desta farsa chamada pacificação.

Dezembro veio com um aumento significativo nos índices de criminalidade. Nesta época, assaltos, furtos e saidinhas de banco tendem a aumentar, pois os criminosos, sentindo-se asfixiados em suas comunidades, procuram diversificar os delitos, principalmente tendo em vista o aumento do dinheiro circulante. Discute-se também o recrudescimento da violência contra motoristas em vias públicas, como os arrastões na Barra e na Linha Vermelha, o que reflete a dificuldade do governo em implementar uma política de segurança eficiente.

A alta da criminalidade às portas do Réveillon carioca — que promete reunir, como nos anos anteriores, milhares de pessoas — desperta especial atenção nos organismos de estudo da Criminalidade do Brasil e do exterior, inclusive com a notificação aos consulados e agências internacionais de turismo sobre o estado de insegurança no Rio, onde os principais alvos serão os turistas estrangeiros.

Por fim, se nada de novo for implementado pelas autoridades, que até agora se recusam a encarar o tema como uma ciência, que deve ser aplicada com profundo conhecimento científico, este será o dezembro mais negro da história criminal do Rio.

?José Ricardo Rocha Bandeira é presidente do Inscrim

Últimas de _legado_Opinião