Por felipe.martins

Rio - O ideal é modelo que devemos buscar sempre, conscientes de que jamais o realizaremos plenamente, ouvi de Sócrates. Então, preciso ser capaz de ser o que sou capaz de dizer. Sou senhor de meu destino e não escravo de circunstâncias. Míope Astigmático o meu nome, há 2.500 anos realizei minha utopia: fecundei um óvulo! Entre bilhões de concorrentes, passei de veloz espermatozoide a pessoa. Realizei o mais extraordinário objetivo, o de ter vida. De que não serei capaz? Sou uma utopia!

Utopia significa o que não existe em nenhum lugar, o que não quer dizer que não possa existir em algum lugar. Utopia é o sonho de realizar e quem não sonha grande fica pequeno. A coragem conduz a vida, com seus muitos perigos. Quer manter-se espermatozoide? Imprescindível atravessar o rio ainda que não saiba nadar. Aprenda não com galinhas e pardais, mas com os patos voando em formação estável mesmo na troca de lideranças. Aprenda com as águias voando sozinhas, muito alto, visão excelente.

A empresa ideal, a utopia possível, tem que ser pato e ser águia, animal perfeito, depende de filosofia, de cultura, de gestão, arte e ciência. É imprescindível à sua perpetuação otimizar a relação entre educação e trabalho, modelamento para a vida. Impossível à empresa realizar-se sem que a educação forme integralmente o homem, conhecimento, razão, valores e sensibilidade. Empresa ideal impõe educação ideal, profissionais comprometidos com a verdade e a ética, com o Brasil e o seu destino, não apenas com seus umbigos e salários.

A empresa é escola, porque aprende e ensina. Se cresce, seu maior patrimônio, seus profissionais, aprenderam, cresceram e a fizeram crescer. Se o corpo funcional não cresce, a empresa morre. Então, é cultivar sistema de papéis que permita às pessoas ampliarem competências . Como o espermatozoide que fecundou o óvulo, a empresa venceu incríveis desafios e realizou sua utopia ao nascer. A empresa não estará pronta para a sua perpetuação se não se perceber com cabeça, tronco e membros, alma única em corpo único, pernas onde devem estar as pernas, não pernas no lugar da cabeça, seus líderes amantes da sabedoria e da sensatez. Assim, as utopias são possíveis! Panta rei.

Ruy Chaves é Diretor da Estácio e da Academia do Concurso

Você pode gostar