Marcos Ferreira: Conteúdo multijanela

O mercado precisa se adaptar às novas demandas dos usuários, mas também às novas oportunidades que surgem com ele

Por O Dia

Rio - O canal americano HBO apresentou um aplicativo que distribuirá seu conteúdo em tablets, smartphones e TVs sem a necessidade de assinatura de TV a cabo, com transmissão pela internet e cobrança pelo cartão de crédito. Pesquisa da Park’s Research aponta que 17% dos usuários de internet nos EUA assinariam o serviço, e metade dos atuais assinantes ficaria somente com o aplicativo. Trata-se de mais um efeito da acelerada difusão da internet de alta velocidade, que modificou a vida nas cidades e vem igualmente revolucionando os meios de comunicação.

No Brasil, em que mais da metade da população tem acesso à internet, parece inevitável a substituição do tradicional SMS pelo WhatsApp. É sintomática também a adoção crescente de serviços de vídeo sob demanda, em streaming, chegando a haver gerações inteiras que não possuem, em suas televisões, qualquer sintonia com TVs a cabo ou abertas.

A Pesquisa Brasileira de Mídia 2015 confirma que brasileiros passam mais tempo navegando na internet do que vendo TV, embora não abram mão de canais tradicionais. Isso quer dizer que o mercado precisa se adaptar às novas demandas dos usuários, mas também às novas oportunidades que surgem com ele. Alguns veículos de renome internacional defendem que as pessoas não comprem mais planos de voz das operadoras, mas tão somente de dados, pois os smartphones hoje em dia se comportam inúmeras funções que, em teoria, são suficientes.

Essa enorme adesão do público forma audiência dispersa pela profusão de novos meios de comunicação, frequentemente online. O fenômeno se estende ao setor corporativo e ao de publicidade, já que a profusão de plataformas de comunicação exige muito mais maleabilidade. O movimento das médias e grandes empresas deve ser o de adquirir o conhecimento sobre as novas mídias via intercâmbio com start-ups e especializadas em tecnologia e integração entre plataformas e conteúdos, solução mais rápida e à mão para um mundo em diferentes janelas.

Marcos Ferreira é especialista em novas mídias e tecnologia

Últimas de _legado_Opinião