Francesco Mazzarone: A cirurgia plástica transformando vidas

O tradicional curso de Cirurgia Plástica da PUC contou com sua coordenação por mais de 55 anos, formando centenas de especialistas

Por bferreira

Rio - No universo da cirurgia plástica, no qual 2014 registrou mais de 20 milhões de cirurgias em todo o mundo, o Brasil, que realizou 2 milhões, disputa com os EUA a hegemonia do setor. O Rio se destaca, tendo a referência maior Ivo Pitanguy, mestre de inúmeras gerações de cirurgiões plásticos. O professor esteve e ainda está à frente da formação de novos profissionais e mantém seu olhar social em prol daqueles que mais precisam.

O tradicional curso de Cirurgia Plástica da PUC contou com sua coordenação por mais de 55 anos, formando centenas de especialistas. Hoje, ele segue como professor emérito, dando consultoria para a elaboração do curso e também no atendimento a pacientes do Instituto Ivo Pitanguy, que se mantém ativo na 38ª Enfermaria da Santa Casa de Misericórdia, no Centro. Espaço de desenvolvimento de residentes que, desde cedo, vivenciam as melhores técnicas e contribuem para melhoria de inúmeras pacientes.

É importante frisar que, mesmo com toda a reformulação por que a Santa Casa passou, os serviços do instituto na 38ª Enfermaria se mantiveram. Ali são atendidas mulheres de todas as partes do estado que ali chegam em busca de resgatar a autoestima. São diversas situações, desde problemas genéticos aos causados por acidentes e queimaduras. Todas carentes de cirurgias reparadoras que possam trazer bem-estar. Há também quem almeja melhorar a beleza, eliminar estrias, erguer as mamas, eliminar excesso de pele, entre outras.

Pelo instituto já passaram mais de 75 mil pessoas, sendo realizadas cerca de 50 mil cirurgias plásticas, tanto reparadoras quanto estéticas — procedimentos que, através de preços acessíveis, financiam as cirurgias corretivas, dando a possibilidade de promover a esperança e trazer de volta a felicidade de milhares de pessoas.

Enfim, num país adepto a essa prática, democratizá-la é ato que possibilita ampliar benefícios. Isso demonstra o quão visionário é o professor Pitanguy, que, além de promover a cirurgia plástica nacional, se preocupou em nos ensinar que a cirurgia plástica traz melhorias estéticas, mas também resgata a beleza da alma, transforma vidas e proporciona felicidade, saúde e bem-estar.

Francesco Mazzarone é presidente do Instituto Ivo Pitanguy

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia