Editorial: Pezão e o valor da agenda positiva

Governador deu uma declaração de extrema lucidez e relevância acerca do processo de impeachment

Por O Dia

Rio - Fiel aliado de primeira hora de Dilma Rousseff, desde os tempos da Casa Civil, o governador Luiz Fernando Pezão deu uma declaração de extrema lucidez e relevância acerca do processo de impeachment aberto contra a presidenta. Cabe replicar a fala na íntegra.

“Lamentável que a gente vá para o segundo ano tendo que discutir impeachment, quando o país está precisando que as pessoas se entendam. Respeitem o resultado das urnas. E crie uma pauta positiva para o país. As pessoas estão perdendo emprego. Estamos indo para uma taxa de desemprego de dois dígitos. Precisamos fazer uma pauta positiva. Acho que essa não é a pauta.”

Pezão fala com a experiência de comandar um governo que, pela primeira vez em anos, enfrenta sérios problemas de caixa — muitos causados por erros de Dilma. Mas, democraticamente, o governador apela para a concórdia, para a correção de rumos, não para um golpismo baseado em argumentos questionáveis e alimentado por vingança rasteira.

Últimas de _legado_Opinião