Editorial: Transporte carece de mais diálogo

Ainda há um longo mas necessário caminho para a mobilidade urbana plena no Rio de Janeiro

Por O Dia

Rio - A edição de hoje do DIA traz extenso material sobre mobilidade urbana. Entrevista com o secretário municipal de Transportes, Rafael Picciani, levanta as principais questões, sobretudo o recente aumento, tema abordado nos dois artigos desta página. O reajuste é combatido ainda pela Fecomércio, que estima impacto aos empregadores de R$ 422 milhões, o que para a entidade seria mais um entrave para a manutenção dos empregos.

É cosenso entre a população que as planilhas que compõem o preço da passagem são hieróglifos indecifráveis que provocam suspeitas. O secretário anunciou ao DIA que este ano auditoria externa pretende esclarecer os custos, o que pode alterar para menos as tarifas.

Mas há muito o que melhorar em uma cidade que ainda se atrasa com automóveis de mais. A esperada integração metrô-ônibus, prometida para junho, é importante passo, e ajustes na racionalização ainda precisam ser feitos. É um longo mas necessário caminho para mobilidade urbana plena no Rio.

Últimas de _legado_Opinião