Por thiago.antunes

Rio - Pesquisadores da Coppe — instituto de Engenharia ligado à UFRJ — estão preocupados com o futuro de seus trabalhos. A Controladoria Geral da União (CGU) quer que seja alterado o percurso das verbas encaminhadas à instituição pela iniciativa privada.

Hoje, empresas conveniadas mandam o dinheiro para a Coopetec, fundação vinculada à Coppe. Mas a CGU insiste que os recursos têm que passar primeiro pelo orçamento da UFRJ. Para os pesquisadores, isso comprometeria a agilidade necessária para os projetos desenvolvidos.

Você pode gostar