Por thiago.antunes
Rio - O frade Mario Stein, da Paróquia de Santa Clara, em Parada Angélica, Duque de Caxias, se viu em uma via-crúcis na manhã de segunda-feira, quando dois bandidos invadiram a igreja e o fizeram refém durante aproximadamente 10 minutos. Frei Stein foi amarrado com um cabo de prender bicicletas enquanto os ladrões levavam R$ 400 da caixinha.
“Vivi os piores momentos da minha vida”, disse o religioso, que em janeiro também teve seu carro roubado em frente à paróquia.
Publicidade
De acordo com o frade, os bandidos queriam desesperadamente seu telefone celular, que não estava com Mário Stein naquele momento. “Eles disseram que iam me matar. Não entendi nada. Foi horrível”, contou ele.
O delegado titular da 62ª DP (Imbariê) informou que o caso está sendo investigado e todos os procedimentos de praxe foram adotados. A vítima já prestou depoimento e testemunhas estão sendo ouvidas ao longo da semana para que possam ajudar a identificar e localizar os criminosos.
Publicidade