Por bferreira
Rio - A volta para casa após o feriadão de Corpus Christi foi tensa para motoristas que passaram pela RJ-116, em Itaboraí, próximo ao pedágio, sentido Rio, por volta das 13 horas de ontem. Um homem que seria PM — ele estava fardado, porém sem a camisa da corporação, mas com a blusa de malha branca que os policiais usam debaixo da farda — atirou várias vezes em direção a uma ambulância, segundo testemunhas. O veículo tentava passar para socorrer uma mulher atropelada próximo dali. Devido ao acidente, a pista estava congestionada, havia muitas pessoas no local e houve pânico. Por sorte, ninguém ficou ferido.
Homem saiu tranquilamente de carro com arma em punho%2C no meio do engarrafamento da rodovia%2C e atirou na direção da ambulância%2C causando pânico entre motoristasLeitor

Logo após fazer os disparos, o homem caminhou tranquilamente em direção ao carro preto em que estava, porém ainda segurando a arma. Ele foi abordado por algumas mulheres, depois entrou no veículo e seguiu viagem sem parar para ajudar a socorrer a vítima de atropelamento. O motivo da fúria do suposto PM ainda é desconhecido.

Além do engarrafamento em Itaboraí, outros acessos ao Rio também ficaram congestionados ontem. Não só o excesso de carros, mas obras em várias estradas contribuíram ainda para deixar a volta do feriadão mais demorada.
Publicidade
A BR-101, no trecho entre São Gonçalo e Niterói, chegou a registrar 22 quilômetros de congestionamento. Na Ponte Rio-Niterói, no início da tarde, os motoristas enfrentaram trânsito lento devido ao excesso de carros. A previsão da CCR Ponte é de que 154 mil veículos passariam pela via entre ontem e hoje.
Na Via Dutra houve engarrafamento na altura de Queimados e Nova Iguaçu. O trânsito também ficou intenso na descida da serra de Teresópolis, apesar do sistema Pare e Siga — implantado devido às obras na estrada — ter ficado desativado até as 8h de hoje. O motorista que passou o feriado na Região dos Lagos também pegou tráfego que ficou bastante lento na Via Lagos até o Rio.
Quem deixou o Rio também sofreu com o trânsito. Na Via Dutra, altura de Barra Mansa, sul do estado, vários acidentes deixaram as pistas engarrafadas.
Publicidade