Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos
Por bianca.lobianco
Rio - Policiais da Delegacia Fazendária (DELFAZ) realizaram, na manhã desta segunda-feira, operação para cumprir quatro mandados de busca e apreensão em endereços da empresa GAP Comércio e Serviços, que está sendo investigada, desde o ano passado, por ter sido criada por um nome "fantasma", identificado por George Augusto Pereira da Silva.
Agentes da especializada estiveram na sede da GAP, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense e quatro endereços residenciais, na Barra da Tijuca. Nos imóveis, foram apreendidos documentos, computadores, pen drives e mídias com informações que serão analisadas.
Publicidade
De acordo com a delegada Isabela Santoni, da Fazendária, a empresa estaria sendo usada para fazer lavagem de dinheiro. As investigações visam apontar o criador da empresa e os crimes praticados pela quadrilha.
A delegada informou que, os policias estiveram em um imóvel localizado no condomínio Goolden Green, na Barra da Tijuca, que seria de George. Segundo ela, quem reside no local, é o empresário Fernando Trabach Gomes, que possui procurações para administrar os bens da GAP.
Publicidade
Os agentes cumpriram ainda mandados na casa de Fernando Trabach e da mãe dele, Jacira Trabach Pimenta, também na Barra da Tijuca.
Você pode gostar