Após denúncia, PRF prende três pessoas na Baixada Fluminense

Dois seguranças e um caminhoneiro foram presos

Por O Dia

Rio - Três pessoas foram presas pela Polícia Rodoviária Federal após denúncia, na BR-116, na Pavuna, Baixada Fluminense, na manhã desta quinta-feira, por porte ilegal de arma de fogo e um mandado de prisão em aberto.

Por volta das 9h40, a Central de Informações Operacionais (CIOP) da PRF recebeu uma ligação informando que um caminhoneiro havia entregue dois pacotes, que pareciam ser entorpecentes, para o segurança de um posto de combustíveis. A equipe da CIOP foi até o local e encontrou o caminhão, onde estavam o caminhoneiro, de 36 anos, uma mulher e uma criança.

Os agentes da PRF revistaram o caminhão e as dependências do posto, mas não encontraram os pacotes. Porém, localizaram um revólver calibre 38, que estava com a numeração raspada, além de 18 munições do mesmo calibre. A arma e as munições estavam escondidas no posto.

Os dois seguranças foram presos pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. Após consultarem os sistemas de segurança pública, foi constatado que o caminhoneiro, natural de Santa Catarina, possuía um mandado de prisão em seu desfavor.

A ocorrência foi encaminhada à Polícia Civil, na região.

Últimas de Rio De Janeiro