Teleférico da Rocinha já tem verba

Sistema ficará pronto em até três anos. Comunidade terá R$ 1,6 bi para urbanização

Por O Dia

Rio - O teleférico e os elevadores que serão construídos na Rocinha ficarão prontos em, no máximo, três anos. Este é tempo que vão durar as intervenções urbanísticas do PAC 2 na comunidade, que incluem também a instalação de uma creche, a abertura de ruas e melhorias no sistema de esgoto e água, além da regularização da iluminação pública, com retirada de ‘gatos’ de luz.

O anúncio de investimento, de R$ 1,605 bilhão, será feito amanhã pela presidenta Dilma Rousseff, que estará no Rio também para a assinatura do contrato entre a prefeitura e o Consórcio VLT Carioca para a construção do sistema de Veículo Leve Sobre Trilhos no Rio.

Também receberão verba o Complexo do Lins (R$ 446 milhões) e o Jacarezinho (R$ 609 milhões). As três comunidades receberão, ao todo, R$ 2,66 bilhões.

Na Rocinha, serão removidas cerca de duas mil famílias. Algumas desapropriações vão ocorrer para dar espaço às seis estações do teleférico.

No evento sobre o VLT será assinado pelo Ministério das Cidades o repasse de R$ 500 milhões. O projeto será executado numa Parceria Público-Privada. O valor da passagem será o mesmo do Bilhete Único, atualmente de R$ 2,95.

Últimas de Rio De Janeiro