Justiça concede liberdade provisória para estudantes presos em protestos

Jovens terão que pagar fiança de R$ 2 mil

Por O Dia

Rio - A Justiça do Rio concedeu, nesta quarta-feira, liberdade provisória para os estudantes Caio Brasil Rocha e Juliana Isméria Campos Vianna. Os dois foram presos em flagrante acusados de qualificado durante a manifestação desta terça, dia 18, no Centro do Rio.

O juiz da 14ª Vara Criminal da Capital determinou a emissão do alvará de soltura desde que cada um pague fiança de R$ 2 mil. Além disso, os estudantes terão que comparecer mensalmente à Justiça até o dia 10 de julho para informarem de suas atividades e não poderão sair da cidade sem ordem judicial.

Segundo a decisão, os dois deverão ainda informar mudanças de endereço e comparecer a todos os atos processuais. Eles também não poderão frequentar lugares públicos após 21h, salvo por motivo de trabalho ou estudo, caso seja autorizado judicialmente.

Manifestantes vibraram com anúncio de redução de tarifa em NiteróiAlexandre Brum / Agência O Dia


Prefeitos do Rio, Niterói e SP anunciam redução das passagens

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, anunciou em coletiva na tarde desta quarta-feira que reduzirá o preço das passagens de ônibus de R$ 2,95 para R$ 2,75. Paes também revelou que a tarifa nas barcas, trens e metrô serão revogadas. Em nota, o Governo confirmou a medida e informou que a decisão passa a valer a partir desta sexta-feira.

Com isso, a tarifa do metrô passa de R$ 3,50 para R$ 3,20, nos trens de R$ 3,10 para R$ 2,90, nas barcas de R$ 3,30 para R$ 3,10 com Bilhete Único e de R$ 4,80 para R$ 4,50 sem Bilhete Único.

"Eu venho aqui hoje, depois de refletir muito sobre o tema e mostro que os 20 centavos não foram feitos com subsídios. Vamos suspender o aumento concedido agora no início de junho. Ela se dá em conjunto com o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad. No entanto, alerto que teremos uma perda de, pelo menos, R$ 200 milhões para a Prefeitura e teremos que definir nossas prioridades", relatou Paes.

A prefeitura de Niterói também anunciou redução nos preços de R$ 2,95 para R$ 2,75. São Paulo também voltou atrás e decidiu revogar o aumento. Com isso as passagens foram de R$ 3,20 para R$ 3,00. Na última segunda-feira, uma manifestação contra o aumento das tarifas reuniu mais de 100 mil pessoas no Centro do Rio.

Últimas de Rio De Janeiro