Manifestação em Niterói toma a Praça Araribóia

Segundo a Nittrans, mais de cinco mil pessoas reivindicam a libertação de dois estudantes da UFF

Por O Dia

Rio - A manifestação contra o aumento da passagem no transporte coletivo, desta quarta-feira, em Niterói tomou a estação das Barcas, na Praça Araribóia. No segundo protesto, os manifestantes reivindicam a libertação de duas pessoas que foram presas no ato no Centro do Rio, na última segunda-feira, ambos estudantes da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Segundo a Nittrans, mais de cinco mil pessoas marcham na Avenida Amaral Peixoto, principal rua da cidade. O trânsito em Niterói está todo congestionado. Para o evento, o efetivo que acompanha o protesto é de 350 homens da Polícia Militar e 50 da Guarda Municipal, espalhados na prefeitura, Câmara Municipal e na estação das Barcas.

Seap divulga fotos de presos em manifestação com uniformes de presidiários

A Secretaria estadual de Administração Penitenciária (Seap) divulgou, nesta quarta-feira, fotos de três estudantes presos durante a manifestação no Centro do Rio, na última segunda-feira. Na imagem, os três são fotografados com uniformes de presidiários.

Caio Brasil Rocha e Vagner Ferreira da Silva, alunos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), estão na Cadeia Pública Bandeira Stampa, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste.

Juliana Isméria Campos Vianna, estudante da UFF, está presa no Complexo de GericinóDivulgação


Namorada de Caio, Juliana Isméria Campos Vianna, de 20 anos, é aluna de História na Universidade Federal Fluminense (UFF) e encontra-se na Cadeia Pública Joaquim Ferreira de Souza, no mesmo Complexo de Gericinó.

Os três foram autuados na 5ª DP (Gomes Freire) por furto qualificado e receptação. Segundo os agentes, eles estavam com uma sacola que teria mercadorias levadas de uma loja. Eles negam o crime.



Últimas de Rio De Janeiro