Rio de Paz vai à Alerj discutir prisões  em protesto no Centro

Filho do presidente da ONG foi detido durante manifestação

Por O Dia

Rio - O presidente do Movimento Rio de Paz, Antonio Carlos Costa, se reunirá às 15h30 da tarde desta quarta-feira, com o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), Marcelo Freixo. No encontro, serão apresentados e discutidos os casos de detenções arbitrárias de manifestantes que participaram do protesto que levou milhares de cidadãos às ruas do Centro do Rio, na última segunda-feira.

Entre os 25 detidos estava Matheus Mendes Costa, filho do presidente da ONG, Antônio Carlos da Costa. O estudante de economia da UERJ, de 20 anos, foi revistado e levado para a viatura policial quando estava ao lado do pai durante os protestos pacíficos.

Seap divulga fotos de presos em manifestação com uniformes de presidiários

A Secretaria estadual de Administração Penitenciária (Seap) divulgou, nesta quarta-feira, fotos de três estudantes presos durante a manifestação no Centro do Rio, na última segunda-feira. Na imagem, os três são fotografados com uniformes de presidiários.

Juliana Isméria Campos ViannaDivulgação

Caio Brasil Rocha e Vagner Ferreira da Silva, alunos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), estão na Cadeia Pública Bandeira Stampa, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste.

Namorada de Caio, Juliana Isméria Campos Vianna, de 20 anos, é aluna de História na Universidade Federal Fluminense (UFF) e encontra-se na Cadeia Pública Joaquim Ferreira de Souza, no mesmo Complexo de Gericinó.

Os três foram autuados na 5ª DP (Gomes Freire) por furto qualificado e receptação. Segundo os agentes, eles estavam com uma sacola que teria mercadorias levadas de uma loja. Eles negam o crime.

Últimas de Rio De Janeiro