Grupos heterogêneos participam de manifestação e pedem por mudanças

Cabo do Corpo de Bombeiros Benevenuto Daciolo afirmou que a classe entrou oficialmente no movimento na segunda

Por O Dia

Rio - A sociedade do Rio de Janeiro parece estar mesmo unida e focada no pedido por mudanças. Diversos causas diferentes marcam presença no megaprotesto no Centro do Rio nesta quinta-feira. Além dos estudantes, presença constante nas mobilizações, motoristas de van, bombeiros, taxistas, promotores, advogados, entre as mais variadas classes profissionais marcam presença.

O Cabo do Corpo de Bombeiros Benevenuto Daciolo, líder dos profissionais que entraram em greve no início de 2012 e do movimento que ficou conhecido como SOS Bombeiros, afirmou que a classe entrou oficialmente no movimento na segunda-feira.

De acordo com Daciolo, cerca de 500 bombeiros participam do protesto por melhoria nos transportes públicos e somam à lista de reivindicações: combate efetivo à impunidade, corrupção e pedem a reintegração dos 14 bombeiros grevistas expulsos da corporação.

Últimas de Rio De Janeiro