Por tamyres.matos

Rio - Vinte e oito pessoas foram detidas por "atos de vandalismo" durante o protesto por melhorias no transporte público em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na noite desta sexta-feira. Todos foram encaminhados para a 52ª DP (Nova Iguaçu). Um deles foi detido por manifestantes após apedrejar o prédio da Prefeitura. Outros estavam depredando agências bancárias e ônibus na região.

Homens da Polícia Militar estão cercando a sede do Executivo municipal para evitar novos ataques. Os manifestantes pacíficos foram para a Via Light e, fora o protesto, há pouca movimentação nas ruas. Policiais do 20º BPM devem ficar de prontidão durante toda a noite.

Manifestação pacífica

O coronel Lima Freire, comandante do 3º CPA, informou que a manifestação que reuniu mais de 7 mil pessoas pela melhoria do transporte público em Nova Iguaçu, entre outras reivindicações sociais, foi pacífica. "As pessoas estavam protestando de forma ordeira, sem qualquer problema. Infelizmente, há grupos de vândalos orquestrados por alguém, que cometem esses atos como vimos na Dutra", afirmou Freire. Os radicais chegaram a fechar a Rodovia Presidente Dutra por duas horas, mas a via já foi liberada.

Os manifestantes estavam concentrados na Prefeitura. Durante o protesto, um pequeno grupo jogou uma bomba no Cemitério Municipal de Nova Iguaçu, que fica ao lado da sede do governo municipal. A ação causou um princípio de tumulto e corre-corre, rapidamente resolvido por PMs do 20º BPM (Mesquita). Além do tumulto, 10 jovens brigaram entre si, mas foram contidos pelos próprios manifestantes, que pediam pelo fim da violência.

Por volta das 17h25, quando os manifestantes seguiram em direção à Dutra, cerca de 50 radicais que estavam com garrafas de bebidas recolheram paus e pedras pelo caminho. Após o fechamento da via em ambos os sentidos, o grupo jogou pedras contra os policiais, que se defenderam com bombas e cassetetes. Uma barricada foi montada com pneus, sendo incendiada em seguida. O Corpo de Bombeiros chegou após 40 minutos e controlou o foco de incêndio.

Um ônibos da empresa Evanil foi parado na pista e apedrejado após a saída dos passageiros. O veículo já foi retirado. Neste momento, grupos de vândalos ainda percorrem as margens da rodovia e as ruas do Centro de Nova Iguaçu. Ainda não há informações sobre feridos.

Você pode gostar