Por cadu.bruno

Rio - A Polícia Civil investiga supostas agressões cometidas pelo técnico do Botafogo, Oswaldo de Oliveira, contra a sogra e um menor de idade. A assessoria de imprensa da corporação informou em nota, nesta sexta-feira, que o delegado titular da 42ª DP (Recreio), Carlos Henrique Oliveira, investiga o caso. Ele não deu detalhes sobre as supostas agressões.

Oswaldo de OliveiraAndré Mourão / Agência O Dia

O treinador e a esposa prestaram depoimento nesta quinta na distrital. De acordo com a Civil, o caso teria ocorrido há 15 dias. A polícia informou ainda que as vítimas foram ouvidas e encaminhadas para realizar exame de corpo de delito, mas não compareceram ao Instituto Médico Legal (IML).

Você pode gostar