Por tamyres.matos

Rio - A concessionária Light negou, na noite deste sábado, a explosão de um bueiro na esquina entre a Rua Almirante Guilhem e a Avenida Ataulfo de Paiva, no Leblon, na Zona Sul, nesta manhã. De acordo com a assessoria da empresa, durante uma inspeção rotineira de caixa, um funcionário sofreu uma queimadura causada por um curto circuito.

Light nega explosão de bueiro no LeblonReprodução Internet

Apesar de relatos de pedestres sobre um estrondo semelhante ao de uma explosão, a Light afirma que a tampa teria sido deslocada antes do acidente acontecer. O funcionario foi levado para o Hospital Miguel Couto, na Gávea, na Zona Sul do Rio.

A concessionária informou que está acompanhando o caso. O acidente não provocou falta de luz nas proximidades de onde era feita a inspeção.

Leia a nota da Light na íntegra:

A Light garante que não houve explosão de caixa subterrânea no início da tarde deste sábado (22/06). O que houve foi um incidente durante uma inspeção de rotina na caixa subterrânea na Av. Ataulfo de Paiva com a rua Almirante Guilhem, no Leblon. A Light ressalta que as inspeções são feitas com frequência pela concessionária. No momento em que a equipe estava fazendo a manutenção houve um pequeno curto-circuito, que feriu levemente a mão de um funcionário da empresa. Ele foi levado para o Hospital Miguel Couto, onde foi atendido e passa bem.

Não houve interrupção de energia e a área já está liberada.

Você pode gostar