Estudante de enfermagem morre baleada na cabeça após tiroteio na Brasil

Polícia investiga de onde partiu tiro fatal

Por O Dia

Rio - A estudante de enfermagem Silvania dos Santos Oliveira, de 30 anos, morreu baleada na cabeça após uma troca de tiros entre policiais do 41º BPM (Irajá) e quatro homens que assaltavam uma van na Avenida Brasil, no trecho da Fazenda Botafogo, na madrugada deste sábado.

De acodo com a 28ª DP (Campinho), que investiga o caso, a autoria do tiro fatal é desconhecida e está sendo investigada. Os policiais patrulhavam a via quando foram informados do roubo no veículo. Após emparelharem com o carro, os bandidos atiraram na direção da viatura. 

Durante o confronto, dois suspeitos fugiram. Cleiton Medeiros da Silva, 26 anos, foi ferido de raspão no pescoço e Leandro de Oliveira Caetano, 30 anos, também foi capturado.

Silvania chegou a ser levada para o Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, mas não resistiu aos ferimentos. Ela morava com a mãe no Morro da Pedreira, em Costa Barros, Zona Norte do Rio. De acordo com família, o enterro será realizado às 10h deste domingo no Cemitério de Irajá, também na Zona Norte.


Últimas de Rio De Janeiro