OAB vai acompanhar ação da polícia em protesto no Maracanã

Solicitação da presença de representantes da OAB partiu do próprio comando da PM fluminense

Por O Dia

Brasília - O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro (OAB/RJ), Felipe Santa Cruz, confirmou neste sábado que a entidade vai acompanhar as ações de controle da Polícia Militar nas manifestações que poderão ocorrer neste domingo, no entorno do Maracanã, durante a partida final da Copa das Confederações. A solicitação da presença de representantes da OAB partiu do próprio comando da Polícia Militar fluminense, que também convidou o Ministério Público e a Defensoria Pública.

Felipe Santa Cruz considerou positivo o convite e informou que a OAB/RJ atuará em sistema de plantão, assim como ocorre desde o início da série de manifestações, com advogados voluntários fiscalizando in loco a garantia dos direitos civis e democráticos. “O controle social e a transparência são fundamentais para que se cumpra corretamente o dever das Forças de segurança, desde que haja respeito estrito à cidadania. Também defendemos a liberdade de manifestação e expressão, dentro dos limites legais, e repudiamos atos de vandalismo”, disse o presidente da OAB/RJ.

Desde o dia 10 de junho, a entidade atua com uma equipe de cerca de 50 advogados voluntários, em sistema de rodízio, no acompanhamento das manifestações.

Últimas de Rio De Janeiro