Polícia Civil prende miliciano que atuava em Belford Roxo

Ele foi localizado em um sítio no município de Maricá, no Leste Fluminense

Por O Dia

Rio - Policiais da 44ª DP (Inhaúma) prenderam, nesta segunda-feira, Anderson da Silva Monteiro, 30 anos, conhecido como Carrapato, apontado pela polícia como integrante da milícia que atua na região de Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Ele foi localizado em um sítio no município de Maricá, no Leste Fluminense.

Contra ele havia quatro mandados de prisão, expedidos pela Vara Criminal daquele município, pelos crimes de homicídio e tentativa de homicídio.

Apontado como integrante de uma milícia que atua em Belford Roxo%2C Anderson da Silva Monteiro%2C o Carrapato%2C é presoSeverino Silva / Agência O Dia

No local, os agentes aprenderam uma pistola calibre 380, com numeração raspada, três carregadores de pistola, sendo um com capacidade para 30 balas, além de duas fardas do Exército. 

Anderson é apontado como um dos envolvidos na morte de um policial militar, em 2011, e do policial civil Edson Faustino de Moura, lotado na Polinter, e morto em 2010.

As investigações para prender Anderson começaram em março de 2011, com a prisão de Roberto Berko de Araújo, conhecido como Betão, por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF).

Betão é apontado como um dos participantes de uma das principais milícias do estado do Rio. Contra ele foram expedidos quatro mandados de prisão, por homicídios praticados em Belford Roxo.

Últimas de Rio De Janeiro