Município de Itaguaí e empresa são condenados por morte de jovem

Pais de rapaz receberão indenização

Por O Dia

Rio - O município de Itaguaí e a J. Bosco de Lima Transportadora e Turismo foram condenados a pagar R$ 160 mil aos pais de um jovem de 22 anos que morreu após ser atropelado por um ônibus ao desembarcar do coletivo, quando voltava da faculdade. A decisão é do juiz da 2ª Vara Cível de Itaguaí, Milton Delgado Soares.

Em dezembro de 2007, Sérgio de Oliveira Assis Junior, que utilizava o transporte gratuito para estudantes disponibilizado pelo município para se deslocar à faculdade, ao desembarcar do coletivo na viagem de retorno, ficou com sua mochila presa na porta do veículo, sendo arrastado e atropelado pelo ônibus.

Segundo uma testemunha, o jovem permaneceu pendurado por alguns minutos e, após cair, as rodas passaram sobre sua cabeça. “Sendo assim, restou comprovada a conduta ilícita efetuada pelo preposto da primeira ré, que foi imprudente ao arrancar com o veículo sem observar se a vítima tinha desembarcado normalmente”, destacou o magistrado na decisão.

Últimas de Rio De Janeiro